Quarta-feira, Agosto 10Notícias que importam

DEPOIS DO AEROPORTO FILIPE JACINTO NYUSI GAZA VAI HOSPEDAR O MAIOR PROJECTO DA REGIÃO SUL DO PAÍS AVALIADO EM $7.4 BILHÕES DE DÓLARES NORTE-AMERICANOS

«Um porto marítimo multiusos de águas profundas, de classe mundial, com capacidade para manusear 150 milhões de toneladas de carga por ano»

O País diz que, trata-se do projecto do Corredor de Desenvolvimento de Chongoene, avaliado em 7,4 mil milhões de dólares norte-americanos (559,7 mil milhões de meticais), que compreende um Porto de Águas Profundas de Chongoene, um Porto Seco, uma Linha Férrea com 221 km, que partirá do Porto de Chongoene até Donga em Guija, onde vai fazer a interligação com a linha dos Caminhos de Ferro de Moçambique, que liga Maputo-Chicuacualala-Zimbabué e outros países da SADC.
Uma outra linha (ramal), será construído a partir do Porto de Chongoene ao Distrito de Jangamo, via Inharrime, rico em recursos agrícolas e minerais com destaque ao projecto de Areias Pesadas de Jangamo.
Mais vendas

Para além destes dois projectos estruturantes, o projecto inclui a construção de parques eco-industriais e petroquímica a ser instalada no Zona França, sito em Nwampfumine, em Chongoene.

Extracto do Jornal “O País”

O projecto prevê duas fases e, o acordo recentemente celebrado é de 324.1 milhões de dólares americanos, montantes necessários para a conclusão de estudos de engenharia e impacto ambiental, instrumentos de viabilização e aprovação do projecto junto do Ministério dos Transportes e Comunicações, e outras autoridades relevantes do governo, para o arranque do projecto em 2023.

 

Você pode gostar disto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.