Moçambique é o País destacado em toda internet após arranque do julgamento das dívidas ocultas

Se não fosse por este escândalo, como nos conheceriam?

Tribunal Judicial da Cidade de Maputo – LUCAS MENESES/ 2021 LUSA 

Num passado não tão distante, aliás um pouco mais de 24horas, arrancou o julgamento das dívidas ocultas, e continua, isto,  na cadeia de máxima segurança, vulgo B.O.

Importa referir que, são mais de 18 arguidos no banco dos réus, sendo doze em liberdade provisória, e sete aguardando o julgamento em prisão preventiva.

As ‘dívidas ocultas’ foram contraídas entre 2013 e 2014 junto das filiais britânicas dos bancos de investimentos Credit Suisse e VTB pelas empresas estatais moçambicanas Proindicus, Ematum e MAM, alegadamente para financiar projectos de vigilância marítima, pesca e estaleiros navais.

Ontem (23), que por sinal é uma data marcante para história de Moçambique, (23/08/2021), no que tange ao escândalo, para além de ser interessante o juiz comportou-se como se de “nora” pela primeira vez na “sograria”, se tratasse, isto porque, o julgamento foi coberto de certas palavras que na língua portuguesa, se entendem como pejorativas, mas para o mundo da “internet” são “NICES, ou seja, divertidas” (Na gíria moçambicana) ou, por outro lado, o juiz Efigénio Baptista, não deixou apenas uma boa impressão, mas também mostrou merecer o cargo que tem.

Contudo, é notório que este escândalo mexeu com quase todo mundo, portanto, em toda “internet” a notícia em torno deste assunto está espalhado em todos “websites” com maior audiência de Mundo, como euronews, Notícia ao minuto, Diário de Notícias, etc.

Tens alguma opinião?

Você pode gostar deste vídeo

Leia também:

Juíz Efigénio Baptista critica arguidos que se fizeram a sala do julgamento sem uniforme da penitenciária

 

Facebook Comments

Tags:

Deixe um comentário aqui