Terça-feira, Maio 17Notícias que importam

Portagens: PR Nyusi não pode ver este vídeo! Descubra toda verdade

TRECHO DE REPORTER-

Suspiro: Portagem

Um assunto que que fez vibrar muitas cabeças humanas, inclusive, alguns jornalistas manifestaram sua indiferença relativamente a isto, em concreto, o Clemente Carlos, que amarou gravata em plena tarde, na sua própria casa, para carinhosamente mandar carta ao Nyusi. Ora, vários órgãos de comunicação noticiaram por várias vezes sobre Portagens da circular de Maputo.

Mas será que você conhece a verdade por detrás disto?

Trecho do dr Borges: Eu não vejo a hora. Nyusi deve sair.

Intro já viste?

Olá seja bem-vindo ao canal, e a este vídeo no qual abordarei assunto que mexeu com a média na semana finda.

“Você sentirá vontade de comentar.”

——— Pub————————

Família, tal como vinha dizendo, o assunto portagens, vem mexendo com o povo moçambicano em especial um grupo de jovens activistas, incluindo Clemente Carlos.

Para falar verdade, segundo minhas pesquisas, o assunto portagens sempre deu problemas, divergência de opiniões.

Das 25 pesquisas feitas por mim, pelo menos 5 resultados, relatam sobre fixação de novas taxas de portagens em quase todos os anos.

E um ponto curioso, este negócio, anda sempre em quatro, ou seja, 4 portagens numa só via.

Na estrada circular temos 4 portagens.

Em 2018 anunciou-se que o troço Beira-Machipanda terá quatro portagens.

Mas porquê tantas portagens e com taxas exorbitantes?

Bom, a priori se teria dito que as portagens serviriam de melhoramento das estradas, embora essa teoria seja pouco provável, podemos considerar.

Mas, por quê de taxas exorbitantes?

Bom, penso que todos deviam saber que A REVIMO é uma empresa privada. Os seus trabalhadores, idem, são contratados de forma privada. A contratação das empreiteitadas é também por critérios privados. Então, aqui os administradores de uma empresa privada podem sobrefacturar no fornecimento de bens e serviços (ex: construção de uma portagem) e depois partilham o dinheiro com quem lhes deu a oportunidade de comerem. A famosa expressão, o cabrito come onde foi amrado.

Enfim.

Entenda que, Para vários activistas, professores, inclusive líderes políticos, as quatro portagens representam uma roubalheira aos cidadãos incapazes de suportar mais uma despesa. Piorando com o aumento de preços de transporte de passageiros, energia elétrica e produtos de primeira necessidade.

Veja, A organização não-governamental do Prof. Adriano Nuvunga, revelou anteontem, que a REVIMO, a polémica empresa concessionária da Estrada Circular de Maputo, factura cerca de dois milhões meticais por dia.

Mas Arone como assim?

Segundo dados da REVIMO, transitam por aquela via construída com fundos públicos cerca de 49 mil viaturas de diferentes categorias, e com isso, a empresa chega a faturar milhões por dia.

Contudo, o que ninguém sabia, é que ninguém deve reclamar neste País, digo isto, porque, Clemente Carlos, e outras 14 pessoas, foram humilhados ontem, pela polícia da república de Moçambique, pois, não foi aceite que eles pudessem manifestar, e mais, foram agredidos injustamente. Para piorar ainda lhes foi dito:

Se quer lutar, vai a cabo delgado, pegar a arma ir a luta,

Daí que surge a pergunta, será crime Manifestar? Será que Moçambique está sendo transformado num País ditador?

Trecho: Desde que Nyusi entro não mais manifestações.

Para além da análise do doutor Borges, já fiz matéria aqui no canal que abordei sobre a ditadura que o país aos poucos se aproxima.


É triste, e é mais triste saber que num País como Moçambique uma simples manifestação pelos nossos direitos, é banida.

Situação muito diferente de outros países:

Ontem em vários pontos do Brasil, estavam a fazer manifestações porque um jovem congolês foi morto a pancada num quiosque, só porque exigia o seu salario.

Mas se fosse cá em Moçambique, sobretudo no mandato do Presidente Nyusi, teria até força canina.

Enfim, o que acha disto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.