Presidente Nyusi incentiva aos jovens a lutarem contra insurgentes “pela pátria”

…tal como os jovens do 25 de setembro de 1964 [que lutaram contra o colonialismo português], a nossa juventude contemporânea se comprometa, cada vez mais, à causa da nossa pátria”

O que para muitos não era possível, com a chegada das forças de Ruanda, foi possível vencer, portanto, Mocímboa da Praia continua em paz.

Forças de Moçambique e do Ruanda estão “empenhadas na desativação de focos” de presença de insurgentes na vila portuária, em Cabo Delgado. Presidente Filipe Nyusi pede aos jovens “compromisso com a pátria”.

Apelo à juventude

Numa mensagem por ocasião do Dia Internacional da Juventude, que se assinala esta quinta-feira, o Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, pediu “um compromisso com a pátria” aos jovens militares em missão contra os grupos armados em Cabo Delgado, saudando o seu empenho na defesa da soberania.

Filipe Nyusi – Presidente da República de Moçambique

“Auguramos que, tal como os jovens do 25 de setembro de 1964 [que lutaram contra o colonialismo português], a nossa juventude contemporânea se comprometa, cada vez mais, à causa da nossa pátria”, reiterou Nyusi, na mensagem.

 

 

 

O chefe de Estado pediu à juventude do país para se mobilizar na defesa da soberania, inspirando-se na resistência secular contra a dominação estrangeira.

Outra frente de combate, prosseguiu, é a eliminação da pobreza e da fome rumo à prosperidade de Moçambique. Filipe Nyusi desafiou os jovens a trabalharem pelo “aumento da produção alimentar nacional, rumo a fome zero, tornando, deste modo, a fome uma narrativa do passado em Moçambique”.

Leia também:

Televisão de Moçambique acusada de desinformar o povo sobre a reconquista da Mocímboa da Praia

Facebook Comments

Tags:

Deixe um comentário aqui